terça-feira, 30 de julho de 2019

'Incêndio deflagra perto do Hospital Amadora-Sintra'

Na Rádio Renascença: "O alerta foi dado perto das 13h30. Uma hora depois, 119 bombeiros e um meio aéreo estavam mobilizados no combate ao fogo, entretanto já "em resolução". Fonte dos bombeiros de Queluz garantiu que o hospital não esteve sob ameaça e que nenhuma habitação esteve em risco." [notícia integral] [notícia na RTP e no Observador]

segunda-feira, 29 de julho de 2019

'Cidadãos escrevem à Cultura a pedir que não viabilize obra da Gandarinha'

No PÚBLICO: "O movimento de cidadãos QSintra escreveu uma carta à Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) a pedir que não viabilize o projecto de alterações à obra de um hotel na antiga Casa da Gandarinha, em Sintra. A obra está actualmente embargada, depois de, em meados de Fevereiro, a câmara de Sintra ter detectado “desconformidades” com o projecto que fora aprovado e licenciado. “Na sequência de uma fiscalização à obra, determinada pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra, foram detectadas desconformidades com o projecto aprovado e licenciado, que justificaram o embargo, hoje determinado pelo presidente da Câmara”, escrevia a agência Lusa a 15 de Fevereiro." [notícia integral]

quinta-feira, 25 de julho de 2019

'IC 19 é a estrada mais perigosa do país'

Na Antena 1: "A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) identificou 60 pontos negros nas estradas portuguesas em 2018, mais 10 do que em 2017, sendo o IC19, na zona de Lisboa, a via mais perigosa do país. Entram para a lista dos pontos negros os troços com um máximo de 200 metros de extensão onde se registaram, pelo menos, cinco acidentes com vítimas durante um ano." [notícia integral]

sexta-feira, 19 de julho de 2019

'Fogo de grandes dimensões em Sintra já foi extinto'

Na SIC Notícias: "Um incêndio deflagrou esta sexta-feira, por volta das 20h00, na freguesia de Rio de Mouro, concelho de Sintra. A força do vento fez com que as chamas alastrassem até à zona de Agualva mas a rápida resposta de um helicóptero conteve a propagação." [notícia integral]

quinta-feira, 18 de julho de 2019

'Forum Sintra e Montijo mudam de nome'

No Dinheiro Vivo: "Os centros comerciais Forum Sintra e Forum Montijo vão mudar de nome em setembro, passando a chamar-se Alegro Sintra e Alegro Montijo, anunciou esta quinta-feira a gestora e proprietária, Ceetrus Portugal." [notícia integral]

quarta-feira, 17 de julho de 2019

'Mulher assassinada à facada em Sintra. Suspeito foi identificado mas está em fuga'

No Observador (via Lusa): "Uma mulher foi assassinada esta quarta-feira à facada em São Marcos, no Cacém, concelho de Sintra, disse à Lusa fonte da PSP. O alegado agressor está identificado, mas está em fuga. “Trata-se de uma mulher de 27 anos, que foi esfaqueada em várias partes do corpo. O suspeito do crime está identificado, será um sobrinho da vítima, mas ainda não foi localizado”, disse fonte da PSP. Junto ao corpo foi encontrada uma faca partida e vários vidros, relata a TVI." [notícia integral]

terça-feira, 16 de julho de 2019

'Centro multinacional de treino de helicópteros vai ser em Sintra e abre em 2021'

Na TSF (via Lusa): "O ministro da Defesa anunciou esta terça-feira que o centro multinacional de treino de helicópteros vai localizar-se na base aérea de Sintra e funcionará a partir de 2021, com um investimento português de quatro milhões de euros. João Gomes Cravinho fez este anúncio numa conferência de imprensa que decorreu no Ministério da Defesa Nacional, em Lisboa, no final de uma reunião com o diretor executivo da Agência Europeia de Defesa, Jorge Domecq." [notícia integral] [notícia no Observadorna RTP]

segunda-feira, 15 de julho de 2019

'Cinco estações de comboio vão ter videovigilância. Investimento é de 3 milhões de euros'

No Observador (via Lusa): "A Câmara de Sintra vai investir cerca de três milhões de euros na instalação de câmaras de videovigilância em cinco estações de comboio, anunciou nesta segunda-feira o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS). “Vamos começar a iniciar o processo de instalação de câmaras de videovigilância. Começamos em cinco estações ferroviárias. São Queluz-Belas, Monte Abraão, Massamá-Barcarena, Agualva-Cacém e Rio de Mouro. Estas cinco estações vão abranger cerca de 160 mil pessoas”, avançou o autarca, em declarações à agência Lusa." [notícia integral]

'PSP dispara e trava agressão à pedrada em estação de comboios da Linha de Sintra'

No Correio da Manhã: "A PSP foi este domingo obrigada a efetuar vários disparos de arma de fogo para o ar, para travar uma agressão à pedrada a vários efetivos desta força de segurança, junto à estação da CP de Queluz/Belas, no concelho de Sintra. Um agente da esquadra de Queluz foi, ainda assim, atingido na cabeça com uma pedra, e precisou de receber tratamento hospitalar." [notícia integral]

domingo, 14 de julho de 2019

terça-feira, 9 de julho de 2019

'Golfinhos surpreendem banhistas da Praia Grande em Sintra'

No Notícias ao Minuto: "Um grupo de vários golfinhos surpreendeu os banhistas que, na manhã deste domingo, decidiram ir à Praia Grande, no concelho de Sintra. Apesar de o sol aparecer "envergonhado", estavam várias pessoas na praia que registaram o momento." [notícia integral]

sexta-feira, 28 de junho de 2019

'Força Aérea liberta espaço aéreo militar de Sintra para «atividade civil»"'

Na TSF: "A NAV - Navegação Aérea de Portugal e a Força Aérea acordaram hoje a libertação de "espaço aéreo militar de Sintra para a atividade civil", que irá facilitar a operação do aeroporto Humberto Delgado, segundo o Governo. À TSF, o porta-voz da Força Aérea, tenente-coronel Manuel Costa, explicou que com esta cedência, aumenta-se a capacidade dos terminais de Lisboa. Para isso, há "transferência de alguns meios de Sintra para Beja", bem como a concentração dos helicópteros em Sintra." [notícia integral]

quarta-feira, 26 de junho de 2019

'Na Várzea de Sintra, há uma escola pública sem turmas, sem anos e sem testes'

No Observador: "Se pudesse, o professor António Quaresma Coelho mandava abaixo as paredes da escola. Não as de fora, nem tão pouco o tecto (já bem basta ter uma sala onde chove no inverno), mas as paredes interiores que dizem que ali, e só ali, é a sala de aula. Se pudesse fazê-lo — e chegou a tirar as portas das salas — paredes era outra das coisas que não existiam na Escola Básica da Várzea de Sintra. Há outras que já desapareceram. Aqui, nesta escola pública, não há turmas, não há anos de escolaridades, nem testes e, se tudo correr bem, qualquer dia também não haverá períodos. O que continua a haver são paredes e muita vontade de deitá-las abaixo." [notícia integral]

segunda-feira, 24 de junho de 2019

'CP reduz comboios na linha de Sintra e ajusta horários no Oeste'

No ECO (via Lusa): "A CP – Comboios de Portugal implementou o horário de verão nas linhas de Sintra e do Oeste, que vigorará até setembro, ajustando a oferta à habitual redução da procura durante as férias escolares. As alterações aos horários nas duas linhas foram anunciadas na página da internet da empresa e decorrem “das alterações de procura, que se reduz em alguns percursos, no período de férias escolares”, explicou fonte da CP à agência Lusa." [notícia integral]

quarta-feira, 19 de junho de 2019

'Sintra prevê zonas de acesso limitado e de estacionamento pago na revisão de regulamento'

No DN (via Lusa): "O projeto de revisão do Regulamento de Trânsito e Estacionamento do Município de Sintra encontra-se em consulta pública desde 29 de maio, por um prazo de 30 dias que, segundo a autarquia, termina em 08 de julho. No documento prevê-se que a autarquia (distrito de Lisboa) pode alterar pontualmente, mediante sinalização, a circulação e estacionamento "sempre que se verifiquem níveis críticos dos indicadores da qualidade do ar e ruído", decorrente de monitorização, que "possam constituir prejuízo para a saúde da população". [notícia integral]

sábado, 25 de maio de 2019

'Moradores de Casal do Cotão reclamam por mais limpeza em Sintra'

No Correio da Manhã: "Viaturas abandonadas, sem selo, sem seguro e completamente degradadas, ocupam lugares de estacionamento público há vários anos, no Casal do Cotão, concelho de Sintra. Os moradores acusam a Câmara de Sintra de não retirar os veículos, apesar de já terem denunciado a situação várias vezes. À falta de estacionamento juntam-se outras queixas, como a falta de limpeza nas ruas do bairro." [notícia integral]

sexta-feira, 24 de maio de 2019

'Reorganização do espaço aéreo de Lisboa prevê transferência de esquadras entre Beja e Sintra'

No Observador (via Lusa): "A reorganização do Espaço Aéreo na Área Terminal de Lisboa prevê a transferência, em 2020, das esquadras da base de Sintra para Beja e vice-versa, informou esta sexta-feira o Ministério da Defesa. Esta reorganização faz parte de uma resolução aprovada na quinta-feira em Conselho de Ministros e representa, segundo a tutela, o primeiro passo para aumentar a capacidade aérea da Área Terminal de Lisboa para até 72 movimentos por hora." [notícia integral]

'Dois mortos em incêndio num edifício devoluto em Queluz'

No JN: "Os Bombeiros de Queluz receberam o alerta para o incêndio na Rua Conde Almeida Araújo às 22.23 horas e, quando chegaram ao local, encontraram o rés-do-chão do edifício tomado pelas chamas, revelou, ao JN, o adjunto do comando Artur Paulo. O fogo foi rapidamente extinto e, só depois, foram encontrados os cadáveres, já durante a fase de rescaldo." [notícia integral] [notícia na RTP]

quarta-feira, 22 de maio de 2019

'Acidente com 'tuk-tuk' em Sintra faz seis feridos'

No SAPO 24 (via Lusa): "A circulação na Estrada Nacional 375, no sentido Colares-Monserrate, Sintra, distrito de Lisboa, já foi reaberta ao trânsito, após um despiste na tarde de hoje de uma viatura turística 'tuk-tuk', disse fonte da GNR à agência Lusa. Fonte do Comando-Geral da GNR indicou, pelas 19:20, que a circulação no sentido Colares-Monserrate "já estava normalizada”. [notícia integral]

'Avarias nos comboios explicam supressões na linha de Sintra'

No PÚBLICO: "Os comboios da CP na linha de Sintra começam a ter os mesmos problemas que a envelhecida frota de material diesel. Sucedem-se as avarias e a empresa vê-se obrigada a suprimir circulações por não ter material de reserva. Desde o dia 8 de Maio já foram suprimidos, pelo menos, 117 comboios na linha de Sintra. A empresa diz que “estas supressões têm origem no excesso de imobilizações e avarias no parque de material circulante”. [notícia integral]

segunda-feira, 13 de maio de 2019

'Incêndio na Serra de Sintra dominado'

Na TSF: "Mais de 80 operacionais foram mobilizados para um incêndio que deflagrou esta segunda-feira na freguesia de Colares, na Serra de Sintra. A informação foi confirmada à TSF por fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, que entretanto adiantou, que o fogo já está dominado." [notícia integral] [notícia no PÚBLICO]

'Incêndio obriga a encerrar acessos à Serra de Sintra'

No Sapo24: "Um incêndio que deflagrou esta segunda-feira, 13 de maio, no Miradouro da Urca, perto de Colares, obrigou a encerrar os acessos à Serra de Sintra. O fogo está dominado." [notícia integral] [na SIC Notícias]

domingo, 5 de maio de 2019

'Mulher morre em queda de arriba no Cabo da Roca'

No JN: "Uma mulher, com idade entre os 50 e 60 anos, morreu depois de ter caído de uma arriba de cerca de 100 metros, este domingo de manhã, no Cabo da Roca, Sintra." [notícia integral]

sexta-feira, 3 de maio de 2019

'Um festival imaginário? Em Sintra vai ser real'

No PÚBLICO: "A Quinta da Ribafria recebe o “primeiro festival de artes para famílias em Sintra”. Artes, natureza e comida de rua conjugam-se no Festival Imaginário entre 31 de Maio e 2 de Junho. Artes, família, natureza. É nestes eixos que se move o novo Festival do Imaginário, organizado pela Byfurcação – Associação Cultural em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, que convida miúdos e graúdos a darem asas à imaginação." [notícia integral]

quinta-feira, 2 de maio de 2019

'Sintra investe 2,4 milhões até 2021 em escolas de Algueirão-Mem Martins'

No Notícias ao Minuto (via Lusa): "A intervenção em 14 escolas da freguesia de Algueirão-Mem Martins prevê um investimento de cerca de 2,4 milhões de euros, até 2021, visando melhorar a qualidade dos estabelecimentos de ensino, informou hoje a Câmara de Sintra." [notícia integral]

quarta-feira, 24 de abril de 2019

'Cerca de 25 mil habitantes do concelho de Sintra sem gás há 24 horas'

Na TVI24: "Uma conduta de gás da Lisboagás, do grupo Galp Energia, em Sintra foi danificada na terça-feira, devido a uma obra da EDP, deixando mais de 25 mil pessoas de Monte Abraão e Massamá sem gás há mais de 24 horas. De acordo com fonte oficial da Câmara Municipal de Sintra (distrito de Lisboa), a conduta foi danificada por volta do 12:00, durante a realização de uma obra que decorria no local, ao cargo da Energias de Portugal (EDP)." [notícia integral] [notícia na TSF]