segunda-feira, 18 de setembro de 2017

'Filhos de Madonna brincam em sítio proibido em Sintra'

No Correio da Manhã: "Madonna publicou este domingo um vídeo no Instagram onde se vê os filhos a correrem numa zona proibida. A área, devidamente sinalizada, alerta as pessoas para não pisarem a relva, mas o aviso de nada serviu para os filhos da Rainha do Pop." [notícia integral] [notícia no Jornal i]

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Jornal de Sintra - 15 de Setembro

O Jornal de Sintra destaca a realização da '41.ª Meia Maratona de São João das Lampas – Troféu Jornal de Sintra', que juntou meio milhar de atletas no passado dia 9. [edição em PDF]

terça-feira, 12 de setembro de 2017

'Acidente entre carro e mota faz um morto em Sintra'

Na TVI24: "Um morto e um ferido é o resultado de um acidente de viação que ocorreu ao início da noite desta segunda-feira, em Sintra, distrito de Lisboa, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa. "Recebemos o alerta para a ocorrência pelas 20:04. Tratou-se de uma colisão entre um veículo ligeiro de passeiros e um motociclo, do qual resultou uma vítima mortal e um ferido leve", disse fonte do CDOS Lisboa." [notícia integral]

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Jornal de Sintra - 8 de Setembro

A edição digital do semanário Jornal de Sintra destaca a ampliação do Complexo Oficinal e Laboratorial dos Serviços
Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS). [edição em PDF]

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

'CNE exige "neutralidade e imparcialidade" a autarca de Sintra'

No PÚBLICO: "Depois dos avisos da Comissão Nacional de Eleições (CNE) a Fernando Medina para que retire outdoors e pare a distribuição de panfletos que podem ser considerados “publicidade institucional”, também a câmara de Sintra foi notificada para retirar três publicações que foram partilhadas na página de Facebook da autarquia. A decisão surge depois de ter sido feita uma queixa à CNE pela coligação Juntos pelos Sintrenses (PSD/CDS/PPM/MPT), que é encabeçada por Marco Almeida. " [notícia integral]

'Quatro encapuzados explodiram multibanco em centro comercial de Massamá'

No Jornal de Notícias: "Quatro homens roubaram, esta quarta-feira de madrugada, com recurso a explosivos, uma máquina multibanco no Centro Comercial Japão, em Massamá, Sintra. O caso que está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ), revelou fonte da PSP, segundo a qual os quatro homens, encapuzados, terão levado as gavetas com dinheiro da máquina ATM cerca das 4.15 horas, fugindo em seguida." [notícia integral]

'Queixa leva à retirada do apelo de Basílio Horta ao voto nas Azenhas do Mar'

No Sintra Notícias: "A Comissão Nacional de Eleições (CNE) determinou ao presidente da Câmara de Sintra a remoção de publicações partilhadas numa rede social, por serem suscetíveis de violar deveres de neutralidade e de imparcialidade em período eleitoral. A autarquia já procedeu a essa retirada. Na deliberação da CNE, a que a Lusa teve hoje acesso, determina-se que o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS), promova a remoção de publicações na “página do Facebook da câmara municipal, suscetíveis de constituir violação dos deveres de neutralidade e de imparcialidade”. [notícia integral]

terça-feira, 5 de setembro de 2017

'CDU critica degradação do parque escolar e novo Hospital de Sintra'

No Sintra Notícias: "Pedro Ventura, o candidato da CDU à presidência da Câmara Municipal de Sintra, critica as forças políticas na autarquia de Sintra por terem abdicado de lutar por um novo hospital. As declarações foram feitas numa entrevista ao Jornal de Notícias esta terça-feira. Para o atual vereador o mandato que agora termina será recordado como “o mandato em que PS e PSD/CDS/Sintrenses com Marco Almeida e Bloco de Esquerda abdicaram de reivindicar do Governo um hospital público que sirva de facto os 400 mil habitantes do município”. O vereador defende que a opção da Câmara Municipal de Sintra em pagar 30 milhões de euros para a construção do novo Hospital de Sintra, “abriu caminho à implantação do Grupo CUF”. [notícia integral]

sábado, 2 de setembro de 2017

'MobiESintra vai avançar no concelho e cria rede de mobilidade'

No Sintra Notícias: "A Câmara Municipal de Sintra vai implementar no próximo ano um sistema de transporte de passageiros nas cidades e vilas do concelho. O objetivos é que todos que vivem e trabalham em Sintra consigam aceder a um interface de transportes públicos, criando desta forma uma rede de mobilidade municipal." [notícia integral]

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Jornal de Sintra - 1 de Setembro

A última edição do Jornal de Sintra destaca o 40.º aniversário da Meia Maratona de São João das Lampas. [edição em PDF]

'A casa de Sintra que Madonna nunca comprou'

Na Sábado: "O barulho ensurdecedor dos tuk-tuk invade o Largo da Quinta do Relógio, um dos itinerários históricos de Sintra. Agora, mais do que nunca, ganha dimensão turística: a nova morada de Madonna será ali. Ou seria...? O modo condicional nunca foi aplicado nesta história, que ganhou proporções gigantescas a ponto de circular nas redes sociais e jornais online nos últimos dias. Os turistas ficam ainda mais entusiasmados, porque além da Quinta da Regaleira (à frente da suposta propriedade da rainha da pop) podem espreitar o edifício com a devida distância de segurança (há correntes a delimitar a entrada)." [notícia integral]

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Jornal de Sintra - 25 de Agosto

A última edição do Jornal de Sintra destaca que já abriu ao público um novo parque de estacionamento com capacidade para 550 viaturas junto ao interface da Portela de Sintra. [edição em PDF]

domingo, 20 de agosto de 2017

'Idoso tentou subornar com 230 euros agentes que o detiveram por atear incêndio'

No Diário de Notícias (via Lusa): "A GNR deteve no sábado um homem, de 78 anos, quando ateava um fogo no Parque Natural Sintra-Cascais, indica a Guarda Nacional República em comunicado. A GNR explica que os militares do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial de Sintra detetaram um homem na localidade da Atalaia a fugir do mato onde se iniciava mais um incêndio florestal." [notícia integral] [notícia na Rádio Renascença]

sábado, 19 de agosto de 2017

'Mulheres também se queixam de violência policial'

No PÚBLICO: "Duas mulheres queixam-se de ter sido agredidas pela polícia na linha de Sintra. Uma apresentou queixa, que está a ser investigada pelo Ministério Público. IGAI recebeu 730 queixas em 2016 contra agentes mas só nove tiveram como consequência uma pena." [notícia integral]

'Corpos das vítimas portuguesas entregues à família'

Na RTP: "Os corpos das duas vítimas portuguesas no atentado terrorista nas Las Ramblas em Barcelona, foram entregues à família. Os corpos deverão chegar segunda-feira a Lisboa, a bordo de um avião da Força Aérea Portuguesa. (...) Os corpos das duas portuguesas, que serão trasladados para Lisboa, seguindo depois para o município de Sintra, os documentos mais importantes estão já emitidos, realçou o secretário de Estado, que referiu que a Câmara de Sintra "também disponibilizou os seus serviços sociais para apoiar a família e os amigos, em caso de necessidade". [notícia integral]

'Ataque em Barcelona: vítimas portuguesas eram de Sintra'

No SOL: "As duas mulheres portuguesas que morreram no atentado de Barcelona eram do concelho de Sintra. A informação foi revelada por Basílio Horta, presidente da Câmara daquele concelho. A informação foi confirmada pelo Secretário de Estado das Comunidades, explicou Basílio Horta na sua página no Facebook. O autarca comparou o ataque a uma “besta” que "atacou impiedosa nas Ramblas em Barcelona". [notícia integral]

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

'BE questiona Parque de estacionamento e «efeito cicatriz na paisagem»'

No Sintra Notícias: "A candidatura do Bloco de Esquerda (BE) em Sintra, critica o actual mandato municipal, que “adiou decisões importantes para a circulação e estacionamento na Vila de Sintra”, um problema “inquestionável”, defendendo a construção de “parques dissuasores, fora da Vila, da Serra ou dos bairros que rodeiam o património natural e cultural”, acrescentando que “não pode estar de acordo com decisões apressadas e obras de última hora”, dando como exemplo, o novo Parque de Estacionamento da Portela de Sintra." [notícia integral]

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

'Basílio e os encantos de ser presidente de câmara'

No Jornal i: "(...) Outro episódio que fez correr alguma tinta foi uma declaração de rendimentos de Basílio Horta ao Tribunal Constitucional, em que, por lapso, o atual presidente da Câmara de Sintra declarou 5600 euros em vez de... cinco milhões e 600 mil. Basílio tem um percurso peculiar: outrora vice-presidente e secretário-geral do CDS (já lá vão mais de 25 anos), veio a ser nomeado presidente do AICEP pelo governo de José Sócrates, acabando por integrar, nas legislativas de 2011, as listas do PS, partido que apoiou a sua candidatura à Câmara de Sintra." [notícia integral]

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

'AURA Festival: Siga a luz em Sintra'

Na Visão: "Instalações interativas, video mapping, performances e ciência. É este o programa gratuito que, em quatro noites, ligará o Museu de Artes e a Quinta da Regaleira, num percurso para fazer a pé. O AURA Festival começa esta sexta-feira, 11, em Sintra." [notícia integral]

terça-feira, 8 de agosto de 2017

'Basílio declarou ao TC conta de 5,6 mil euros que, afinal, era de 5,6 milhões'

No Observador: "Afinal, Basílio Horta não fez uma fortuna de sete milhões de euros em dois anos e meio. Não inscreveu foi três zeros em duas declarações que entregou no Tribunal Constitucional (TC) em 2010 e 2011, tendo declarado nesses dois momentos que tinha uma conta a prazo no valor de 5.600 euros, que na verdade era de 5.600.000 euros. Foi o próprio candidato pelo PS e presidente da câmara de Sintra que explicou o lapso ao Observador, depois de confrontado com as declarações de rendimentos entregues no TC que, de facto, indicam que tinha feito fortuna de uma forma mais fugaz." [notícia integral]

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

'Carpool Autárquicas com Basílio Horta: «Não me venham cá com independências, para não enganar o eleitorado»'

No Observador: "Basílio Horta entrou no Carpool Autárquicas do Observador e deu uma volta por Sintra, onde se recandidata. Mais de uma hora de trajeto sem batidas. Choques frontais só mesmo com Marco Almeida. “Então esta é que é a máquina?”. Dez da manhã, Basílio Horta chega, pontual, para a entrevista a bordo do carro do Observador e curioso com a parafernália instalada no pequeno Smart que se prepara para levar o presidente e recandidato à Câmara de Sintra numa volta pelo concelho. Quatro câmaras instaladas, microfones, tudo para captar mais de uma hora de conversa ao volante, num percurso que começou no edifício da Câmara, mesmo na Vila, passou por Algueirão, Mem-Martins, Mercês, Rio de Mouro, Cacém, meia IC19 (até ao Amadora Sintra) e de volta ao centro histórico." [notícia integral]

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

'Mais de 1,3 milhões visitam palácios e monumentos'

No Correio da Manhã: "Os sete palácios e monumentos geridos pela Parques de Sintra receberam mais 291 mil pessoas (aumento de 27%) no primeiro semestre deste ano, num total de 1,376 milhões de visitantes, dos quais 79,5% foram estrangeiros. O Parque e Palácio da Pena foi o mais visitado, com 709 mil pessoas (subida de 34%), sendo seguido pelo Palácio de Sintra com 257 mil (igual ao ano passado) e pelo Castelo dos Mouros (235 mil, crescimento de 47%)." [notícia integral] [notícia no PressTur]

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

'Autárquicas: PS/Sintra queixa-se de financiamento proibido da campanha de Marco Almeida'

No Diário de Notícias (via Lusa): "O PS/Sintra apresentou queixa na Comissão Nacional de Eleições contra a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM por promover "ações de campanha encapotadas" para as próximas autárquicas, através de financiamento proibido da associação cívica "Sintrenses com Marco Almeida". A candidatura aos órgãos autárquicos de Sintra encabeçada pelo atual vereador Marco Almeida "tem promovido ações de campanha encapotadas", através da associação cívica com o nome do autarca, "que tem requerido e suportado o pagamento de espaços para a realização de eventos", referiu a participação, a que a agência Lusa teve hoje acesso." [notícia integral]

terça-feira, 1 de agosto de 2017

'Aura Festival ilumina noites de Sintra entre 10 e 13 de Agosto'

No Canela&Hortelã: "Light Atmospheres é o tema da terceira edição do Aura Festival. A iniciativa decorre em Sintra, à noite, ente 10 e 13 de agosto e promove o contacto com instalações artísticas que recorrem à Luz como meio de expressão. Esta edição, explora afinidades entre a vila de Sintra e a Arte em Espaço Público. Os artistas apropriaram-se de espaços quotidianos através de um percurso de luz criado entre o MU.SA –Museu de Artes de Sintra e a Quinta da Regaleira, que pode ser percorrido entre as 21h00 e as 24h00." [notícia integral]

segunda-feira, 31 de julho de 2017

'Homem morre afogado na Praia das Maçãs, em Sintra'

No PÚBLICO (via Lusa): "Um homem de 52 anos morreu esta segunda-feira afogado na praia das Maçãs, Sintra, tendo ainda sido socorrido pelos nadadores-salvadores, que o resgataram para terra, onde foi tentada uma reanimação pelo INEM, mas sem êxito, adiantou a Polícia Marítima. De acordo com o comandante do porto de Cascais, Fonte Domingues, o acidente ocorreu por volta das 16h e vitimou um cidadão português, que estava na praia acompanhado de dois amigos." [notícia integral] [notícia no JNna TVI24]

sábado, 29 de julho de 2017

'Câmara de Sintra diz que problema do Centro Ciência Viva é de gestão'

No PÚBLICO: "O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, reafirmou nesta sexta-feira ao PÚBLICO os argumentos que já tinha dado à direcção do Centro Ciência Viva do concelho para ter reduzido o seu financiamento: a lei assim o obrigava. Estes cortes levaram a que dois membros da direcção se demitissem, sublinhando que receiam que o centro esteja em risco. É a segunda demissão da equipa directiva em poucos anos. A justificação apresentada pela Câmara de Sintra aos membros da administração do Centro Ciência Viva de Sintra foi que, nos termos da lei, a Câmara poderia apenas cobrir o funcionamento básico do centro. O valor estipulado como mínimo indispensável para manter as actividades do Centro é de 102.000 euros mas desde 2015 que a autarquia apenas transfere 65.500 euros anuais." [notícia integral]

sexta-feira, 28 de julho de 2017

'Direcção do Centro Ciência Viva de Sintra demite-se e aponta culpas à câmara'

No PÚBLICO: "Dois directores do Centro Ciência Viva de Sintra, inaugurado em Novembro de 2006, demitiram-se acusando a câmara de Sintra de, já há vários anos, não apoiar a estrutura, condenando-a a reduzir a sua actividade e equipa, denunciam estes responsáveis em carta de demissão enviada aos funcionários. A demissão, apresentada na Assembleia Geral da Associação que decorreu a 28 de Junho, por parte do director executivo Francisco Motta Veiga e do presidente da direcção Carlos Romão é justificada pela recusa da Câmara de Sintra, que um dos associados da estrutura, “em assegurar a transferência do valor mínimo necessário às despesas fixas para o ano 2017”. Queixam-se ainda de falta de diálogo e colaboração. Carlos Romão refere ainda que a atitude da Câmara resulta “objectivamente na asfixia do CCVS”. [notícia integral]