quarta-feira, 11 de maio de 2011

'E as pegadas de Carenque?'

Na Alagamares: "Como é sabido, existe em Carenque, no concelho de Sintra, uma jazida de pegadas de dinossauros, geomonumento classificado desde 1997 como Monumento Natural. Descoberta em 1986 numa pedreira desactivada situada a 1 Km a SE de Belas, contém um registo fóssil constituído por mais de uma centena de pegadas do início do Cretácico Superior numa pista com mais de 140 m de comprimento (produzidas por dois quadrúpedes herbívoros e icnitos tridáctilos, possivelmente de carnívoros bípedes). (...) A conservação deste local constituiu um bom exemplo de mobilização da 'sociedade civil', então designada como 'a batalha de Carenque', que acabaria por levar o Governo de Cavaco Silva a gastar seis milhões de euros (1,2 milhões de contos) num túnel que evitou a destruição dos vestígios. Nessa altura procedeu-se à moldagem de todas as pegadas em látex, que foi enrolado e levado para o museu. Depois foram cobertas com geotêxtil e cobertas de terra. Após 20 anos sobre esta descoberta, as pegadas de dinossauros de Carenque continuam tapadas, sem ter qualquer utilização pedagógica ou turística. (...) A recuperação do património e a obra de Galopim de Carvalho merecem que se retome este tema, sem que tenham de passar outros 95 milhões de anos." [artigo integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.