domingo, 18 de setembro de 2011

'Morre para fugir à violência'

No Correio da Manhã: "Agostinho Sacramento, um desempregado são-tomense de 45 anos, avisou anteontem à tarde conhecidos da rua onde residia, em Algueirão, Sintra, de que aquelas estavam a ser as suas últimas horas de vida. Pelas 22h00, e depois de ter discutido e trocado agressões com a mulher, atirou-se da janela da cozinha do apartamento onde residia, no 7º andar de um prédio, pondo fim a anos de violência doméstica. Os dois filhos do casal – um com 12 anos e o outro com 18 meses – assistiram à morte do pai." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.