quarta-feira, 28 de setembro de 2011

'Telefone traíu fugitivo americano'

No PÚBLICO: "Foi o telefone que o traiu. George Wright , de 78 anos, norte-americano, fugido à justiça há 41 anos, residente em Portugal há mais de 20, decidiu entrar em contacto com uns familiares nos EUA. O FBI nunca desistira de o encontrar pelos crimes de homicido e de sequestro de um avião. E mantinha os telefones sob escuta. Foi assim que, passados 41 anos da sua fuga da cadeia estadual de Bayside, Wright conseguiu ser capturado na segunda feira, pela Polícia Judiciária, nos arredores de Sintra." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.