quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

'Pais de bebé acusam creche de negligência por queimaduras de segundo grau na criança'

Na Visão (via Lusa): "O Ministério Público de Sintra está a investigar o caso de uma bebé de 15 meses que ficou com queimaduras de segundo grau durante um banho num colégio, num processo em que a instituição responsabiliza a educadora. A educadora do colégio Barco do Mimo [Massamá] terá deixado escorregar a menina para a banheira quando a torneira tinha água a ferver e é agora suspeita de negligência, depois de os pais terem apresentado queixa contra a instituição." [notícia integral] [notícia no Diário Digital]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.