quinta-feira, 12 de abril de 2012

PS abstém-se na votação das contas municipais e alerta para a pobreza em Sintra

Os vereadores do Partido Socialista abstiveram-se ontem na votação das contas do município relativas ao exercício económico de 2011, e alertaram para "a situação de pobreza de uma fatia muito elevada das pessoas do concelho". "Dos resultados obtidos na perspectiva orçamental registam-se baixas taxas de execução ao nível da receita e da despesa (68% e 67% respectivamente), baixas taxas de execução na rede viária (a mais baixa da última década), na educação e muito em particular na ação social executando pouco mais de 50% do previsto, números que mostram que o discurso de preocupação com os mais desfavorecidos não teve nenhum reflexo no orçamento", acusa o PS. Os socialistas entendem que "com a actual conjuntura económica e financeira que o país atravessa, as intervenções dos municípios em matéria de auxílios directos às populações ganham, uma importância incontestável e um relevo cada vez maior", pelo que o PS "defende um reforço das medidas de carácter social ao dispor dos sintrenses, quando todos os indicadores revelam uma diminuição do seu poder de compra e das suas condições de vida." [Fonte: PS Sintra][notícia no Notícias Grande Lisboa]

Ler a intervenção integral dos vereadores do PS:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.