terça-feira, 19 de junho de 2012

Protecção Civil realiza simulacro de catástrofe em Sintra

A Protecção Civil de Sintra realiza dia 27 um exercício de intervenção em situações de emergência e de catástrofe. "O objectivo é desencadear atempadamente as operações de protecção civil necessárias para salvar vidas, mitigar as consequências das ocorrências nas populações, no ambiente e nos bens e restabelecer, o mais rapidamente possível, as condições de normalidade", explica a autarquia. O exercício desenvolve-se em três cenários: na mancha florestal da Janas uma área sensível a incêndios florestais, na vila de Sintra onde existem infraestruturas vulneráveis a incêndios urbanos em zonas de difícil acesso, e na zona industrial de Mem Martins numa fábrica desactivada.

Participam no exercício o Comando Distrital de Operações e Socorro, presidentes das Juntas de Freguesia das áreas envolvidas, autoridades de saúde, autoridade florestal nacional, autoridade médico veterinária, agrupamentos dos centros de saúde VIII e IX, representante do Hospital Amadora Sintra e do Hospital de Cascais, entidades empresariais municipais higiene publica e serviços municipalizados de água e saneamento, representantes das unidades militares sedeadas em Sintra, Segurança Social, Unidade de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa Amadora-Sintra, Corpos de Bombeiros do município e da Amadora, GNR, PSP, Polícia Municipal e radioamadores. O exercício conta, ainda, com a participação de figurantes da Escola Profissional Alda Brandão de Vasconcelos. [Fonte: Câmara de Sintra]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.