domingo, 15 de julho de 2012

Autarquias denunciam actos de vandalismo em Casal de Cambra e Montelavar



Depois da recente denúncia de actos de vandalismo em Monte Abraão, é agora a vez das juntas de freguesia de Casal de Cambra e de Montelavar denunciarem a destruição de equipamentos públicos. No primeiro caso, a autarquia queixa-se da destruição de bancos no Jardim das Escadinhas e do despejo de resíduos fora dos contentores. "Apelamos ao bom senso e civismo da população para que actos como estes não aconteçam. Quem destrói não faz ideia das dificuldades que são necessárias ultrapassar para conseguir de novo a reposição dos locais afectados", afirma a presidente Fernanda Santos.

Em Montelavar, foram alvo da vandalismo os sanitários públicos recentemente renovados e danificadas as flores plantadas pelas crianças durante uma actividade do ATL no Jardim da República. A autarquia denuncia ainda "os constantes roubos de plantas" nos espaços verdes e canteiros da freguesia. "Como se pode apelar à cidadania e à educação ambiental das nossas crianças quando, dois dias depois de uma acção desta natureza, há destruição e desrespeito pelo trabalho dos mais jovens?", questiona a presidente Lina Andrês. Ambas as autarcas apelam aos fregueses que ajudem a preservar o património e os espaços públicos e que denunciem qualquer situação de vandalismo.

Notícias relacionadas:
Monte Abraão denuncia "aumento preocupante de actos de roubo e vandalismo"
Junta de Freguesia de São Martinho denuncia 'onda de vandalismo'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.