segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Sindicatos denunciam "refeitório ao ar livre" no terminal da Scotturb na Portela de Sintra

Os motoristas da Scotturb, uma empresa privada de transporte rodoviário de passageiros, queixam-se que são obrigados a lanchar na rua porque o terminal da Portela de Sintra não tem condições. "A Scotturb ignora a sua obrigação de criar as condições para os trabalhadores tomarem uma refeição nos intervalos permitidos por lei e pela contratação colectiva e, assim, a opção é a tomada de refeição em plena rua, como acontece na Portela de Sintra", lê-se numa denúncia publicada na página da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).

Segundo fonte do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), esta situação verifica-se desde quarta-feira, entre as 17h30 e as 18h, intervalo destinado à refeição. "A pretexto da crise há empresas que, para além de se aproveitarem para tentarem impor redução de salários, deixam de cumprir com as mais elementares obrigações no que concerne a condições de trabalho, situação que é muitas vezes acompanhada de um aumento da repressão nas empresas e da diminuição da qualidade do serviço prestado", lamenta o sindicado. A situação levou já os trabalhadores da empresa e o STRUP a pedir a intervenção da Autoridade para as Condições de Trabalho e ao reforço da mobilização para a greve marcada para dia 3 de Outubro. [Fonte: FECTRANS]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.