terça-feira, 20 de novembro de 2012

Assembleia de Freguesia de Queluz pede à Câmara que adquira a Quinta Nova



A Assembleia de Freguesia de Queluz está contra “a venda ao desbarato” da Quinta Nova de Queluz, um equipamento que o Ministério da Defesa pretende alienar para angariar receitas para o fundo de pensões das Forças Armadas. Na sessão extraordinária realizada ontem, os eleitos locais aprovaram por unanimidade uma moção que pede à Câmara de Sintra que exerça o direito de preferência.

“Repudiamos a decisão do Ministério da Defesa que por razões economicistas entendeu vender ao desbarato um equipamento que faz falta à população, e pedimos à Câmara que exerça o direito de preferência previsto na lei”, justificou a líder da bancada socialista, que recordou a aprovação de moções anteriores em defesa da passagem da Quinta Nova para uso da população. Do lado do Bloco de Esquerda, Rosinda Beltrão disse temer que a moção não tenha reflexos práticos, à semelhança de outras aprovadas nos últimos anos, e sugeriu “uma atitude mais directa junto da Câmara de Sintra.”

A bancada da Coligação Mais Sintra (PSD/CDS-PP) também manifestou concordância com a moção, tendo sugerido várias alterações para aumentar a sua eficácia. “Sempre defendemos a tomada de posse do edifício por parte da autarquia, pelo que sugerimos que a Câmara interceda junto do Ministério da Defesa para apurar qual o valor de venda. Todos sabemos das dificuldades, mas se calhar vem na melhor altura, porque o orçamento de 2013 terá que se aprovado brevemente e poderá ser cabimentada uma verba para aquisição desta propriedade”, disse Silvino Rodrigues, do CDS-PP.

O assunto será igualmente levado à próxima sessão da Assembleia Municipal, garantiu o presidente da junta. “Foram já enviadas duas mensagens à Câmara a apelar que use o direito de preferência para que a Mata da Quinta Nova e respectiva zona edificada, património da cidade, não venha a ser vendida a privados”, adiantou Barbosa de Oliveira.

© Luís Galrão/Tudo sobre Sintra

Notícias relacionadas:
'Maioria dos quartéis posto à venda é na Grande Lisboa'
Bloco apresenta projecto para que Governo ceda Quinta Nova à cidade de Queluz
Assembleia Municipal quer devolução da Quinta Nova à população de Queluz

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.