sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

'Burlão da ONU foi autor de dois atropelamentos mortais e cumpriu pena em Sintra'

No Correio da Manhã: "Artur Baptista da Silva, o burlão que se fez passar por coordenador do Programa para o Desenvolvimento das Nações Unidas, foi o autor de dois atropelamentos mortais, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém. (...) Na cadeia de Sintra, de onde saiu em Novembro de 2011, Baptista da Silva, apurou o CM, ficou conhecido por se queixar dos outros reclusos, embora fosse educado com os guardas prisionais." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.