quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Montelavar contesta extinção da freguesia na Assembleia da República

A freguesia de Montelavar vai juntar-se hoje, em Lisboa, à Plataforma Freguesias SIMtra e a outros autarcas de freguesia de todo o país, para contestar o projecto de lei do PSD e do CDS-PP sobre a reforma administrativa. O diploma será discutido a partir das 15h e se for aprovado irá impor a Sintra uma redução de 20 para apenas 11 freguesias, num processo que extingue 16 freguesias e cria sete novas uniões de freguesias.

“Fomos os primeiros a iniciar a luta e orgulhamo-nos de estar na linha da frente no combate a esta Lei. A partir de agora será uma luta ainda mais dura e intensa dado que, na proposta oficial, consta a junção das freguesias de Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar”, explica a presidente Lina Andrês. A autarca promete estar na Assembleia da República “para assistir a tão nefasto debate e a tão perniciosa votação” e apela à participação dos fregueses. “Não poderemos entrar todos, mas a luta também se faz frente ao Palácio de S. Bento”, afirma.

Lina Andrês estranha a apresentação da proposta de lei uma semana antes da discussão das petições contra a reforma administrativa apresentadas por diversos movimentos a nível nacional, agendada apenas para dia 14, e volta a lamentar a falta de apoio da Câmara. “Lamentamos profundamente que a Câmara de Sintra nunca se tenha disponibilizado para discutir este assunto com os presidentes de junta e com as populações e que tenha preterido o combate em defesa das freguesias e das suas comunidades.”

Notícias relacionadas:
Plataforma Freguesias SIMtra vai a Lisboa contestar a extinção de freguesias
Plataforma Freguesias SIMtra exige revogação da lei da reforma administrativa
Montelavar reitera oposição à "extinção" da freguesia

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.