quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Junta de Freguesia de Monte Abraão pede apoio para família que perdeu tudo num incêndio

A Junta de Freguesia de Monte Abraão lançou um apelo para ajudar uma das famílias que perdeu todos os seus pertences no incêndio de domingo num apartamento da praceta José Malhoa, em Monte Abraão. Segundo a presidente da Junta de Freguesia, a casa não tinha luz nem água mas era habitada por 20 pessoas oriundas da Guiné. "Na altura do incêndio estavam nove adultos e três adolescentes. O fogo foi provocado por uma vela, situação que faziam com frequência, para terem iluminação", revela a autarca.

O fogo não provocou vítimas, mas destruiu todo o recheio do apartamento. As 20 pessoas foram entretanto alojadas pela Protecção Civil numa pensão em Lisboa, mas precisam de mais apoios. "A Junta de Freguesia está a tentar arranjar uma casa camarária junto da Câmara para realojar uma das famílias - a que nos pediu ajuda - composta pela mãe e quatro filhos entre os 13 e os 18 anos", explica Fátima Campos. "Os jovens são alunos em escolas de Monte Abraão, mas ficaram sem nada. Sem roupas, sem sapatos, sem livros, etc. Pedimos a ajuda de todos para que esta família possa continuar a viver", apela a autarca. [Foto: Fátima Campos]

Notícia relacionada:
Monte Abraão: 'Fogo arrasa apartamento e desaloja família de doze'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.