terça-feira, 19 de março de 2013

'Temporal de janeiro aumentou risco de incêndio na Serra de Sintra'

No Jornal da Região (via Lusa): "A empresa Parques de Sintra Monte da Lua vai reforçar a vigilância nas propriedades públicas da Serra de Sintra, devido ao aumento do risco de incêndio provocado pela queda de árvores e galhos no temporal de janeiro. Segundo António Lamas, presidente da empresa que gere o património cultural que está na serra de Sintra (Palácio da Pena, Castelo dos Mouros, Palácio de Monserrate e Convento dos Capuchos), a quantidade de material combustível (árvores e galhos) que caiu durante o temporal de 19 de janeiro representa agora um risco agravado de incêndio nos períodos de maior calor." [notícia integral] [notícia no Diário Digital e na Rádio Ocidente]

Notícias relacionadas:
'Efeitos do temporal de 19 de Janeiro continuam a marcar a paisagem da Serra'
Vídeo: Temporal deixa rasto de devastação na serra de Sintra

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.