sexta-feira, 24 de maio de 2013

Castelo dos Mouros com novas instalações a partir de 5 de Junho



O Secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, inaugurará no próximo dia 5 de Junho as novas instalações de apoio ao visitante do Castelo dos Mouros, monumento que em 2012 recebeu cerca de 269 mil visitantes. A obra de valorização e restauro resultou do projecto “À Conquista do Castelo”, que implicou um investimento de 3,2 milhões de Euros, cofinanciado em 600 mil Euros pelo Programa de Intervenção do Turismo (PIT) e no remanescente pela Parques de Sintra - Monte da Lua (PSML).

A partir de agora os visitantes encontrarão um novo espaço de acolhimento, constituído por uma cafetaria com esplanada, loja e bilheteira, bar, instalações sanitárias e ainda uma envolvente paisagística recuperada (repondo a ambiência romântica preexistente), bem como caminhos de acesso e de ronda requalificados e iluminados. Foram também restauradas as duas cinturas de muralhas e a Cisterna, que passa a ser visitável. Será ainda aberta ao público a Casa do Guarda do Castelo, situada na segunda cintura de muralhas (fora do perímetro pago), após recuperação e adaptação como cafetaria, esplanada com vista panorâmica para a Serra e instalações sanitárias.

"As novas instalações beneficiaram de um profundo trabalho ao nível das infraestruturas, nomeadamente no respeitante às redes de energia, comunicações, iluminação, águas, esgotos, rega, CCTV e protecção contra incêndios. Integrado no projecto, desde o seu desenvolvimento inicial, esteve também o objectivo de reduzir as barreiras à mobilidade, permitindo acolher visitantes com dificuldades motoras, para que consigam percorrer o caminho até ao Castelo, acedendo às novas instalações de acolhimento e a pelo menos uma parte da muralha com vista para a Vila de Sintra", explica a PSML.



O projecto “À Conquista do Castelo” foi antecedido e acompanhado pela realização de escavações arqueológicas, com campanhas realizadas em parceria com a Universidade Nova de Lisboa (desde 2009). Estas investigações apoiaram as intervenções de recuperação e aprofundaram a informação histórica sobre o local. A descoberta de elementos como mais de três dezenas de sepulturas medievais cristãs (com cerca de 2 a 3 enterramentos em cada), vários alicerces de habitações muçulmanas e objectos do Neolítico, conduziu à reconfiguração do projecto inicial para permitir mostrar ao público os principais achados.

Este verão será ainda inaugurado o novo Centro de Interpretação do Castelo, na Igreja de São Pedro de Canaferrim, igualmente alvo de restauro e de um projecto de arquitectura que visa proteger a ruína e albergar achados arqueológicos resultantes das investigações dos últimos anos, bem como fornecer informação aprofundada sobre a História do local. Também ainda no verão será ligada a nova iluminação cénica das muralhas, que permitirá uma nova “vista” do Castelo a partir do centro histórico, com possibilidade de diferentes cenários de cor.

Dado o difícil acesso ao interior das muralhas, o transporte de materiais de construção foi efectuado através de uma grua de cabos, sustentados por uma torre com 20m de altura localizada dentro do Castelo. Esta solução permitiu transportar as cargas sem interferir com os visitantes, minimizando ruídos e emissões poluentes. [Fonte: PSML/Fotos: EMIGUS]

Notícias relacionadas:
'O Castelo dos Mouros, em Sintra, está a pôr-se como novo'
'Castelo dos Mouros ganha nova vida'
'Descobertos vestígios pós-árabes no Castelo dos Mouros'
Castelo dos Mouros com obras de requalificação global e novas descobertas arqueológicas

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.