sexta-feira, 10 de maio de 2013

'Empresa acusada de despedir delegado sindical alega 'ajustamento organizacional'

No Jornal da Região (via Lusa): "A empresa de distribuição alimentar Frustock, de Sintra, reagiu hoje à acusação de despedimento de um funcionário delegado sindical, alegadamente por ter marcado um plenário de trabalhadores, argumentando que este “se enquadra no ajustamento organizacional e funcional” da unidade. O processo relativo ao funcionário enquadra-se “no ajustamento organizacional e funcional da empresa decorrente da otimização dos seus sistemas informáticos que tem vindo a ser progressivamente implementado”, avança a Frustock, situada na Abrunheira, Sintra, em comunicado hoje enviado à agência Lusa." [notícia integral] [notícia na Visão]

Notícia relacionada:
'Empresa de Sintra acusada de despedir sindicalista depois de marcação de plenário'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.