domingo, 5 de maio de 2013

Órgão nacional da JSD anula eleições "irregulares" na concelhia de Sintra



As eleições para a concelhia de Sintra da Juventude Social Democrata (JSD) vão ser anuladas, avança Diogo Geraldes, da lista "Juntos Somos Sintra", que recentemente contestou a legalidade do acto eleitoral. "Fui notificado da decisão do Conselho de Jurisdição Nacional da JSD, no sentido de declarar procedente o nosso pedido e deste modo anular o acto eleitoral do dia 22 de Março para os órgãos da JSD Sintra", explica no Facebook.

O Conselho de Jurisdição da JSD terá confirmado a existência de "graves irregularidades e de violações aos Estatutos da JSD" que "colocaram em causa os valores cimeiros da democraticidade, independência e igualdade de circunstâncias entre candidatos." A manter-se, a decisão anula a eleição de Andreia Bernardo, da lista "Inovar Sintra", que desde 22 de Março preside à comissão política da JSD Sintra. [notícia na Rádio Ocidente]

Notícias relacionadas:
Diogo Geraldes pede impugnação das eleições "ilegais" na JSD Sintra
Nova presidente da JSD Sintra quer contribuir para a eleição de Pedro Pinto
Andreia Bernardo candidata-se à JSD Sintra

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.