segunda-feira, 22 de julho de 2013

'Presos da Carregueira queixam-se de não terem direitos durante greve de guardas'

No SOL: "Um grupo de reclusos da prisão da Carregueira, Sintra, queixou-se hoje de ser prejudicado pela greve dos guardas prisionais, porque nos próximos 20 dias ficarão impedidos de receber visitas, comida, correio e até os advogados. Fonte ligada a um recluso, que pediu para não ser identificado por medo de represálias, disse à agência Lusa que os presos do Estabelecimento Prisional da Carregueira foram avisados hoje, às 18:00, da greve decretada a partir das 00:00 de terça-feira pelo Sindicato Independente do Corpo da Guarda Prisional (SICGP), que tem uma forte parte dos seus associados precisamente na Carregueira." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.