quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Agentes culturais pedem mais atenção aos candidatos à Câmara de Sintra



Os agentes culturais de Sintra querem ter uma palavra a dizer na definição da política cultural do concelho. Esta é uma das conclusões do debate promovido pela Alagamares e pelo Chão de Oliva, que no dia 19 juntaram gente da cultura e das candidaturas à Câmara de Sintra, num debate que se prolongou até de madrugada na Casa do Teatro (clique neste link para ter acesso a todos os áudios).

Sob moderação de Fernando Morais Gomes (presidente da Alagamares-Associação Cultural), a mesa do debate foi constituída por Jorge Menezes (escritor e poeta), Miguel Anastácio (Sintra Estúdio de Ópera), Moisés Paulo (Centro Internacional de Escultura de Pêro Pinheiro) e Pedro Alves (encenador e membro do teatromosca).

A iniciativa contou também com a participação de três cabeças de lista às próximas autárquicas: Pedro Pinto, da Coligação “Sintra Pode Sintra” (PSD, CDS-PP e MPT), Pedro Ventura, da CDU, e Nuno Azevedo, do PAN, bem como com a presença das candidaturas do PS e do BE, representadas por Rui Pereira e André Beja, respectivamente. [ver artigo integral na edição de sexta-feira do Jornal de Sintra] [artigo no Notícias da Alagamares]

Notícia relacionada:
Chão de Oliva e Alagamares promovem debate autárquico sobre o sector da cultura

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.