quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Programa eleitoral do BE propõe “uma resposta social e de esquerda à crise”



O Bloco de Esquerda apresentou na última quinta-feira o programa da candidatura à Câmara de Sintra, encabeçada pelo deputado Luís Fazenda, intitulado “Por uma resposta social e de esquerda à crise”, lema dos bloquistas nestas autárquicas. O documento foi apresentado por André Beja, número dois da lista à câmara e candidato à presidência da União das Freguesias de Sintra, que salientou “os quatro eixos estruturantes: população, território e mobilidade; questões sociais e de solidariedade; desporto, cultura e turismo; e participação e transparência” (ver vídeo).

Entre as propostas apresentadas pelo BE no Parque dos Castanheiros, junto à Volta do Duche, estão a redução do betão e a reabilitação do espaço urbano. "O concelho precisa urgentemente de um plano de requalificação urbana que olhe o património que temos, as cidades, as vilas e os locais, e que procure dar-lhes outra vida", defende André Beja, que reforça também a necessidade de atenção para as questões da mobilidade. Ainda na área do património, o BE critica o "regime de tarifas impossível à generalidade das pessoas" praticado nos parques e monumentos de Sintra.

Na área social, o BE defende a criação de um gabinete de acompanhamento da crise, "que articule serviços camarários, redes sociais das freguesias, associações e instituições com trabalho em Sintra", assim como o apoio às famílias que estão na iminência de perder a casa, e a criação de uma rede de "lojas sociais" para apoio a famílias carenciadas, entre outras propostas. O BE pede também mais participação dos munícipes e transparência por parte dos serviços e das empresas municipais (ver programa integral).



Para o candidato à presidência da câmara, trata-se de “um programa colectivo que reflecte a experiência do BE nas assembleias de freguesia e na Assembleia Municipal, e que é um contrato com os eleitores”. “Tem importância antes e depois das eleições, porque queremos que as pessoas nos julguem por isto, porque o nosso programa será este ao longo dos próximos quatro anos, porque o BE cumpre os programas que elabora”, assumiu Luís Fazenda. O candidato deixou também críticas a algum “foguetório de promessas de mega projectos” de outras candidaturas, que desafiou a apresentar e debater os seus programas autárquicos.

© Luís Galrão/Tudo sobe Sintra

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.