sexta-feira, 20 de setembro de 2013

'Triplo homicida de Queluz só queria «pregar um susto»'

Na TVI24: "Francisco Ribeiro pegou fogo a um elevador e matou três pessoas em agosto de 2012. As vítimas, a cunhada, a sobrinha e um segurança, morreram carbonizadas no interior. Na primeira sessão do julgamento, que decorre no tribunal de Sintra, o arguido disse que não premeditou o crime." [ver reportagem]

Notícia relacionada:
'Homem acusado de triplo homicídio em Queluz começa hoje a ser julgado'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.