terça-feira, 15 de outubro de 2013

'Aluno entra na escola com facas e álcool para matar os colegas'

No Jornal de Notícias: "Gonçalo A., de 15 anos, surpreendeu todos, na tarde de segunda-feira, na Escola Secundária Stuart de Carvalhais, em Massamá. Pouco passava das 16 horas quando aquele aluno do 11.o G tentou entrar na aula de Português. A professora fechou a porta, em jeito disciplinar por já passar da hora, mas Gonçalo empurrou-a e, ato contínuo, lançou um "very light" para o chão. O fumo atordoou os alunos, que começaram a gritar e a correr para fora da sala. Beatriz, de 16 anos, foi a primeira a tentar sair e foi esfaqueada pelo colega, num braço. Entre gritos, fumo e pânico, outros dois menores foram atingidos pelo colega, um deles no tórax, até que a funcionária do pavilhão G surgiu e tentou travar o agressor. Gonçalo não hesitou e, munido de uma faca de cerâmica de cozinha, desferiu um golpe no pescoço de Nazaré Lopes, funcionária da instituição há mais de dez anos. Foram todos tratados aos ferimentos, nenhum inspira cuidados." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã e na Rádio Ocidente e vídeo na RTP]

Notícias relacionadas:
'Vice-presidente da associação de pais não compreende o ataque'
'Cinco feridos em esfaqueamento em escola de Massamá'
'Aluno suspeito de ter esfaqueado dois jovens e funcionária de escola de Massamá'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.