segunda-feira, 18 de novembro de 2013

'O estranho caso dos rodados dos comboios da linha de Sintra'

No PÚBLICO: "A geografia ferroviária da rede suburbana de Lisboa muda a partir desta segunda-feira com comboios de dois pisos a atravessarem o túnel do Rossio para assegurarem a ligação a Sintra e automotoras de cor amarela (habitualmente afectas aos regionais para Tomar) a fazerem a linha Azambuja – Santa Apolónia.

A CP justifica esta mudança por falta de material circulante, mas garante que os horários serão os mesmos, não havendo alterações significativas na oferta. O PÚBLICO apurou que na origem desta escassez de material estão problemas anormais identificados nos rodados dos comboios que compõem a frota da linha de Sintra (séries 2300 e 2400) e que têm levado à sua crescente imobilização em oficina." [notícia integral]

Notícia relacionada:
'Falta de investimento está a degradar a rede ferroviária portuguesa'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.