terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Extinto incêndio nas instalações da GNR no Palácio Nacional de Sintra



[Actualizado] Já foi extinto o incêndio que deflagrou ao início da tarde nas instalações da GNR, anexas ao Palácio Nacional de Sintra. O alerta foi dado às 12h48 e levou à mobilização de 28 bombeiros, apoiados por 9 viaturas, que conseguiram controlar as chamas em poucos minutos. Fonte dos Bombeiros de Sintra adiantou que o incêndio terá sido provocado por um curto-circuito e que apenas foi afectada a cobertura de parte da zona administrativa e da sala de estar do destacamento da GNR.



O incidente levou ao encerramento temporário das entradas de turistas no Palácio Nacional de Sintra, monumento que não chegou a estar em risco e cujo terreiro serviu para estacionar as viaturas da GNR retiradas das traseiras do edifício. Fonte da GNR avançou, entretanto, à Lusa, que o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) teve de ser temporariamente transferido para o posto de Colares. [ver fotogaleria] [notícia no Correio da Manhã, no Expresso da Linha, no Jornal de Notícias, no SOL e na TVI24] [artigo do Eugénio Montoito, no blogue Sintra Deambulada, sobre a 'Instalação da GNR na Vila de Sintra, em 1912']

Notícia relacionada:
'Incêndio em edifício da GNR em Sintra obriga à mudança da investigação criminal'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.