quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Hoje: Comissões de Utentes da Saúde de Sintra e Amadora realizam vigília de protesto

As Comissões de Utentes da Saúde de Sintra e Amadora promovem hoje, às 18h, uma "vigília/protesto" junto ao Hospital Amadora-Sintra, para alertar para a falta de condições desta unidade de saúde. "Os acontecimentos recentemente ocorridos, mais de 12 horas de espera no serviço, demissão da direcção do serviço de urgências, perda de vida humana em função das horas de espera, reflectem o cenário que estas comissões apontam há longos anos como perigo iminente a acontecer", explicam em comunicado.

As duas entidades entendem que "o Amadora-Sintra abrange uma área de intervenção demasiado extensa", uma situação que "acarreta consequências dramáticas ao nível da celeridade na prestação de serviços, sendo constantes as situações de sobrelotação e intermináveis horas de espera para aqueles que recorrem ao serviço de urgência."

Os utentes dizem-se também preocupados com as "perspectivas de maior agravamento" da situação em 2014, dados os cortes de "300 milhões no orçamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que corresponde, nas unidades de saúde, a 9% em relação a 2011." A acção pretende "alertar para os efeitos nefastos que as medidas do actual Governo estão a ter para os utentes do SNS, bem como para a necessidade de construção de um hospital público no concelho de Sintra."

Notícia relacionada:
'Utentes convocam vigília em defesa da saúde no hospital Amadora-Sintra'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.