quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

STAL rejeita proposta de acordo colectivo apresentada pela Câmara de Sintra



Os trabalhadores da Câmara de Sintra e dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) sindicalizados no Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL), rejeitaram hoje em plenário a proposta de acordo colectivo de entidade empregadora pública (ACEEP) apresentado pela autarquia.

"Não concordamos com a questão da adaptabilidade, nem com o banco de horas, porque não nos são benéficas, e tudo faremos para lutar pela manutenção de um horário digno de 35 horas, sem estas duas possibilidades, que podem estender o horário até às 45 horas semanais", explicou a sindicalista Alexandra Rebeca.

Durante o plenário realizado esta manhã frente aos Paços do Concelho, os trabalhadores aprovaram uma moção que será entregue ao presidente da câmara, Basílio Horta, que continua as negociações com o STAL, e ficou de apresentar nova proposta de ACEEP até sexta-feira. [notícia no Expresso da Linha e na Rádio Ocidente]

Notícias relacionadas:
STAL diz que acordo proposto pela Câmara põe em causa horário de 35 horas
'Câmara de Sintra e sindicato assinam acordo para manter as 35 horas semanais'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.