domingo, 9 de fevereiro de 2014

Câmara de Sintra reforça alerta para mau tempo previsto para as próximas horas

A Câmara de Sintra aconselha os munícipes a permanecer em casa nas próximas horas, evitando deslocações desnecessárias, dado que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê que o território continental vai ser afectado este domingo, a partir das 12h, por uma depressão com forte actividade. "O período mais critico em termos de condições meteorológicas adversas será entre as 18h de domingo e as 6h de segunda-feira", intervalo de tempo com previsão de "precipitação forte a partir do final do dia, com especial incidência nas regiões do litoral durante a madrugada, vento a soprar forte a muito forte no litoral e terras altas com rajadas da ordem dos 130 km/h, agitação marítima muito forte com ondas a atingir os 10 metros de altura."

Previsão do estado do mar na região de Lisboa às 6h de amanhã [ver animação]:

© Instituto Hidrográfico

Em caso de deslocação, a autarquia recomenda a observação das principais medidas de auto-protecção para estas situações, como evitar circular ou permanecer junto à orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros; evitar circular ou permanecer junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte; não praticar actividades relacionadas com o mar e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima; reforçar os mecanismos de fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas; estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança, entre outras. [ver alerta da Câmara de Sintra]


© IPMA

Notícia relacionada:
Protecção Civil alerta para "situação de tempo severo" até segunda-feira

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.