quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

'GNR deve sair do Palácio Nacional de Sintra após incêndio'

No Expresso da Linha: "O incêndio ocorrido no dia 28 de Janeiro no Destacamento de Sintra da GNR, instalado provisoriamente há quase um século em anexos do Palácio Nacional da vila, levou à saída do Núcleo de Investigação Criminal para a esquadra de Colares e a que a Câmara de Sintra esteja a procurar outra solução para instalar a Guarda." [notícia integral]

Notícias relacionadas:
'Incêndio em edifício da GNR em Sintra obriga à mudança da investigação criminal'
Extinto incêndio nas instalações da GNR no Palácio Nacional de Sintra

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.