quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Trabalhadores municipais voltam a reunir em plenário frente à Câmara de Sintra

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL), que representa a maioria dos trabalhadores municipais, convocou para amanhã, dia 14, mais um plenário frente aos Paços do Concelho, onde irá contestar a última proposta de acordo colectivo de entidade empregadora pública (ACEEP) apresentado pela autarquia. "Não aceitamos a chantagem de incluir as cláusulas da adaptabilidade e do banco de horas, que nada mais são do que a possibilidade de retorno à escravatura", lê-se no folheto de divulgação do encontro.

O plenário deverá juntar trabalhadores da autarquia e dos serviços e empresas municipais, como os SMAS, a HPEM (higiene urbana), a EDUCA (escolas) e a SintraQuorum (cultura), que além de defenderem uma proposta de acordo colectivo que contemple apenas as 35 horas semanais, pretendem alertar para o futuro incerto destas empresas, dado que está em curso uma reorganização do sector empresarial local, que dizem desconhecer. [Fonte: STAL Sintra]


Notícias relacionadas:
'Câmara garante provisoriamente as 35 horas semanais enquanto negoceia com sindicatos'
STAL rejeita proposta de acordo colectivo apresentada pela Câmara de Sintra
STAL diz que acordo proposto pela Câmara de Sintra põe em causa horário de 35 horas

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.