quinta-feira, 22 de maio de 2014

Bloco de Esquerda queixa-se da Câmara de Sintra à Comissão Nacional de Eleições

O Bloco de Esquerda queixou-se à Comissão Nacional de Eleições (CNE) devido ao facto da Câmara de Sintra não ter disponibilizado os habituais painéis para afixação de propaganda eleitoral, neste caso para as europeias de domingo. "O facto de a câmara não ter colocado os placards obrigatórios em todas as freguesias do concelho, merece o repúdio do BE. O exercício da actividade política deve ser visível no espaço público com toda a dignidade, mas também com o mais absoluto respeito pela letra e pelo espírito da lei. Não é por ceder ao discurso que ridiculariza a política, que a dignificamos", afirma o BE.

Esta força política diz "aceitar que as estruturas em que se divulga a actividade política precisam de ser modernizadas", mas recusa que "se anule o que existia, antes de encontrar novas e melhores soluções", porque isso coloca em causa a igualdade das candidaturas. "Podemos não ter a capacidade para obrigar a colocação dos placards, mas nunca calaremos a desigualdade que esse facto imposto ilegalmente pelo poder, impõe às forças políticas que não têm dinheiro para pagar publicidade", lê-se no comunicado. O Tudo sobre Sintra continua a aguardar por uma reacção da autarquia e apurou que foram apresentadas queixas por outras forças políticas, nomeadamente pela CDU.

Notícias relacionadas:
'Governo vai testar comunicação de resultados eleitorais na Internet'
'Europeias: João Ferreira desfia “cassete” em comboio na Linha de Sintra'
Assembleias e secções de voto para as Eleições Europeias de 25 de Maio

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.