quinta-feira, 15 de maio de 2014

GNR de Sintra apreende em Colares animais exóticos vivos e embalsamados



O Núcleo de Protecção Ambiental de Sintra da GNR deteve na terça-feira, em Colares, um homem de 36 anos suspeito de violência doméstica e apreendeu vários espécimes exóticos no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).

"A apreensão decorreu no âmbito de um processo de violência doméstica, cuja investigação culminou com um mandado de busca domiciliária da qual resultou a apreensão de quatro cobras Python Regius (duas adultas e duas juvenis), duas tartarugas Graptemys Kohni, uma tartaruga Trachemy Scripta Elegans, duas tartarugas Trachemy Scripta Troosti, uma tartaruga Chrysemys Picta, uma carapaça de tartaruga Caretta Caretta, duas tartarugas Caretta Caretta embalsamadas, uma tartaruga Eretmochelys Imbricata embalsamada, uma tartaruga Cuora SPP embalsamada, um lagarto Varanus SPP embalsamado, dois corais Acropora SPP e uma tartaruga Trachemy Scripta Scripta."

Segundo a GNR, o homem não possuía qualquer documentação legal associada aos espécimes, pelo que após terem sido apreendidos foram encaminhados para o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Já o suspeito foi presente a tribunal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações semanais, pela prática dos crimes de violência doméstica e danos contra a natureza. [Fonte: GNR] [notícia no PÚBLICO e na Rádio Renascença]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.