terça-feira, 17 de junho de 2014

Extensões de Saúde encerradas vão reabrir com médicos pagos pela Câmara de Sintra


Protesto no dia 9 de Junho  junto ao Agrupamento de Centros de Saúde de Sintra, em Massamá

[Actualizado] A Câmara de Sintra avança que as três extensões de saúde encerradas recentemente na antiga freguesia de Almargem do Bispo irão reabrir brevemente, na sequência de negociações com o Ministério da Saúde. "O presidente Basílio Horta chegou a um acordo nos termos do qual serão reabertos os pólos de saúde de Dona Maria, Sabugo e Almargem do Bispo, com médicos contratados pela Câmara Municipal e serviços administrativos disponibilizados pela Junta de Freguesia. A reabertura destas extensões verificar-se-á logo que esteja concluindo o processo de contratação dos médicos", informa a autarquia em comunicado.

As negociações com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo resultaram também na "garantia de construção" de quatro dos cinco novos centros de saúde pretendidos pela autarquia, nomeadamente das unidades de Queluz/Belas, Almargem do Bispo, Algueirão-Mem Martins e Agualva/Mira Sintra, informa também a câmara, sem adiantar prazos para o início das obras. "A Câmara de Sintra comprometeu-se a dar as instalações e a financiar em 30 por cento o custo total do investimento, num total de cerca de 2,5 milhões de euros, dinheiro já disponível", acrescenta Basílio Horta através do Facebook. [notícia no Cidade Viva, no PÚBLICO, no Região Online e na TVI24]

Notícias relacionadas:
'Grupo parlamentar do PS questiona ministro sobre saúde em Sintra'
Utentes de Almargem do Bispo manifestam-se em Lisboa contra fecho de postos de saúde

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.