sábado, 26 de julho de 2014

'Morto por um touro e comido por porcos'

No Correio da Manhã: "Eduardo, de 66 anos, ia todos os dias a um terreno de que era proprietário, junto ao Cemitério de Queluz, alimentar um touro de grande porte, que criou desde vitelo. Por ironia, acabou por morrer depois de sofrer uma marrada do animal. O cadáver foi depois parcialmente comido – designadamente partes dos membros inferiores – por porcos." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.