sexta-feira, 19 de setembro de 2014

'Amadora-Sintra: Procura atípica leva a espera de 10 horas na urgência'

No ionline: "Ainda não chegou a gripe mas as urgências dos hospitais já estão a dar sinais de ruptura. Segundo o i apurou, nos últimos dias houve casos de doentes urgentes há espera seis horas no Amadora-Sintra. Ontem de manhã, quando é menos habitual haver demora no atendimento, havia doentes com pulseiras amarela e laranja à espera há mais de uma hora e verdes e azuis (menos prioritárias) a aguardar há mais de dez horas por uma primeira observação clínica. Um doente estava mesmo à espera de ser visto por um médico há 14 horas." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.