sábado, 20 de setembro de 2014

Já abriu o novo Mercado do Cacém que irá esperar mais uns meses pela Loja do Cidadão



Foi esta manhã inaugurado o novo Mercado Municipal do Cacém, que funciona no mesmo edifício construído em 1991, mas agora no piso inferior, após obras de requalificação no valor de 1,5 milhões de euros. "É um mercado que nos enobrece e que está ao serviço das pessoas", salientou o presidente da câmara, Basílio Horta, que inaugurou o espaço juntamente com outros autarcas.

Para o vereador Pedro Ventura, trata-se de "uma obra importante e um bom investimento da câmara" para promover a economia. O autarca com o pelouro dos mercados recordou que as obras eram aguardadas há muitos anos e que a sua conclusão só foi possível graças a muito esforço, inclusive no mandato anterior, que deu início ao projecto. "A primeira fase foi a criação deste novo mercado e a segunda a será a abertura da Loja do Cidadão. Será o fechar um dos objectivos do Programa Polis, que era a criação de uma nova centralidade na cidade", salientou o vereador da CDU.


Presidente da câmara, Basílio Horta, presidente da União de Freguesias de Cacém e São Marcos, José Estrela Duarte, presidente da mesa da Assembleia Municipal, Domingos Quintas, e vereador Pedro Ventura.

A obra deixa também satisfeito o presidente da União de Freguesias de Cacém e São Marcos, embora o preocupe o trânsito e estacionamento na zona, que hoje, por exemplo, não tinha disponível o parque subterrâneo. "É de facto um novo mercado, embora dentro do mesmo edifício. É uma obra importante para as nossas gentes e permitiu a libertação de espaço para um novo centro administrativo, com uma Loja do Cidadão, a abrir com a brevidade possível. Tudo conjugado significa uma pequena/média revolução na cidade de Agualva-Cacém", salienta José Estrela Duarte, que aproveitou a ocasião para alertar para a "nova pressão automobilística em toda a envolvente, que irá exigir medidas imediatas".

Por abrir fica, por enquanto, a Loja do Cidadão prevista para o piso do antigo mercado. "Atrasou um pouco devido ao ligeiro atraso na abertura do mercado, que deveria ter ocorrido em Junho. Mas conto ter o espaço limpo nos próximos 15 dias e lançar ainda em Outubro o concurso, que deve demorar três ou quatro meses, pelo que prevejo a abertura no início do próximo ano", disse ao Tudo sobre Sintra o vereador socialista Eduardo Quinta Nova, que entretanto deverá inaugurar em Novembro o Espaço do Cidadão de Rio de Mouro. Já o presidente da câmara disse aos jornalistas que conta inaugurar a Loja do Cidadão do Cacém ainda este ano. [ver fotogaleria da inauguração] [ver comunicado da câmara de Sintra] [notícia no Correio da Manhã]

© Luís Galrão/Tudo sobre Sintra

Notícia relacionada:
'Mercado Municipal do Cacém reabre à espera da Loja do Cidadão'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.