terça-feira, 30 de setembro de 2014

'Oficial comando escapa à cadeia'

No Correio da Manhã: "Um oficial dos Comandos salvou-se da cadeia ao ver o Tribunal da Relação de Lisboa baixar para 2 anos e 6 meses, suspensos, a pena de 8 anos e 10 meses de prisão efetiva a que havia sido condenado. A 4 de julho de 2012, o tenente João Pereira colocou, sem que a vítima se apercebesse, uma navalha aberta sob o abdómen de um soldado quando este realizava flexões. O instruendo do curso de Comandos ficou ferido com gravidade. João Pereira, 27 anos, na altura alferes, decidiu amedrontar o instruendo do Centro de Tropas Comandos, na Carregueira, Sintra." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.