domingo, 5 de outubro de 2014

'Extinção da Educa deixa utentes sem hidroterapia em Sintra'

No Correio da Manhã: "A extinção da Educa, empresa municipal que geria equipamentos educativos e desportivos de Sintra, deixou utilizadores de piscinas municipais sem hidroterapia, mas Rui Pereira, vereador socialista da Câmara de Sintra, garante que está em curso a contratação de fisioterapeutas. "Fizemos a migração da Educa para a câmara e, na câmara, não é possível contratar aquelas pessoas, portanto estamos a desenvolver o primeiro modelo jurídico que permita contratar esses profissionais", explicou o vereador da Educação e Desporto, Rui Pereira." [notícia integral] [notícia no DN Madeira]

1 comentário:

  1. Estamos quase no final de Outubro e não se sabe nada. Mas que longo processo de transição. Quem fica prejudicado é sempre quem precisa. Que tal o Snr.Vereador da camara responsável pelo pelouro andar com o assunto um pouco mais rápido? Há pessoas a necessitarem de tratamento...

    ResponderEliminar

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.