quinta-feira, 20 de novembro de 2014

'Amadora-Sintra nega caso denunciado à Ordem dos Médicos'

Na TVI24: "Num encontro com jornalistas, em Lisboa, o bastonário da OM, José Manuel Silva, disse que um médico do hospital Fernando Fonseca entregou uma participação escrita à Ordem na qual relatava que um membro da administração da unidade hospitalar lhe tinha perguntado qual o procedimento que sairia mais barato: amputar uma perna ou colocar uma prótese num determinado doente. O Hospital Fernando Fonseca (Amadora-Sintra) garantiu, esta quinta-feira, que sempre procurou prestar os melhores cuidados aos doentes, negando que alguma vez tivesse discutido o preço entre uma prótese e uma amputação." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã]

Notícias relacionadas:
'Administrador de hospital quis saber se era mais barato amputar perna ou pôr prótese'
'Amadora-Sintra dispensa único radiologista de intervenção do hospital'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.