segunda-feira, 10 de novembro de 2014

'Amigos choram morte de jihadista'

No Correio da Manhã: "Consternados pela morte de Sandro Monteiro, conhecido por ‘Funa’, 36 anos – o primeiro jihadista português morto na Síria a combater pelo Estado Islâmico – os amigos com quem cresceu em Monte Abraão, Queluz, Sintra, recordaram, nos últimos dias, o jihadista em fotografias e comentários publicados no ‘Facebook’. Sandro ‘Funa’ tinha origens cabo-verdianas mas nasceu em Portugal; viveu em Monte Abraão até 2007, altura em que partiu para Londres." [notícia integral]

Notícias relacionadas:
'Terroristas avisaram família de jihadista'
'Jihadista português morre na Síria'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.