domingo, 9 de novembro de 2014

'Terroristas avisaram família de jihadista'

No Correio da Manhã: "Foi a família de Sandro Monteiro, mais conhecido em Monte Abraão (Sintra) como ‘Funa’, que informou as autoridades portuguesas da morte do jovem jihadista, de cerca de 30 anos. Os familiares dos outros portugueses que continuam na Síria pedem o regresso dos jovens. A família de ‘Funa’ terá sido avisada pelos amigos de Sandro, também eles jihadistas, que se encontram na Síria a lutar pelo Estado Islâmico (EI). Mas a notícia também pode ter sido transmitida pelos líderes da organização terrorista, que controlam de perto os acessos aos emails e redes sociais dos recém-recrutados." [notícia integral]

Notícia relacionada:
'Jihadista português morre na Síria'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.