quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Teleférico entre o Ramalhão e o centro histórico de Sintra deve avançar em 2015


Simulação preliminar divulgada na apresentação da 'Estratégia de Mobilidade Integrada' (anexa)

[Actualizado] A autarquia anunciou na terça-feira que a ligação de teleférico entre a zona do Ramalhão, à entrada de Sintra, e o centro histórico, poderá avançar no final do próximo ano. “Vamos fazer um estudo prévio até ao final de Março, depois elaboramos o primeiro caderno de encargos em Maio/Junho e abrimos a discussão pública, por forma a que as obras possam começar entre Outubro e o fim do ano, se for possível”, disse o presidente Basílio Horta na reunião de executivo de terça-feira.

O projecto insere-se na “Estratégia de Mobilidade Integrada” (anexa) apresentada pelo vereador Luís Patrício (PSD), que entre outros objectivos pretende retirar cerca de 70% do tráfego da Vila Velha (áudio anexo). “É preciso retirar os veículos automóveis do centro da vila, porque sem isso é muito difícil conseguirmos que aquele espaço se torne agradável à circulação de peões”, disse o vereador responsável pela Divisão de Trânsito e Mobilidade Urbana.



A estratégia passa pela criação de parques periféricos na Portela de Sintra e no Ramalhão, junto à estação de partida do teleférico, onde a empresa que ganhar o concurso público internacional terá de construir um silo de estacionamento com capacidade para 800 viaturas. Paralelamente, serão agravadas as tarifas de estacionamento no centro histórico. Saiba mais na última edição do Jornal de Sintra.

(clique no rectângulo do canto inferior direito para ver em ecrã inteiro ou siga este link alternativo)


Notícias relacionadas:
'Câmara apresenta plano de mobilidade com teleférico na serra de Sintra'
Jornal de Sintra - 14 de Novembro
Jornal da Região - 12 de Novembro
'Câmara de Sintra quer retomar projeto de teleférico para a serra'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.