quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

'Tribunal adia acórdão para grupo acusado de explodir caixas multibanco'

No Diário Digital (via Lusa): "Os 21 arguidos acusados de envolvimento no assalto a 24 caixas multibanco com recurso a explosivos, roubos em estabelecimentos e furto de viaturas, viram [ontem] adiada a leitura do acórdão no Tribunal de Lisboa Oeste, em Sintra. O juiz presidente do coletivo adiou a leitura do acórdão para 15 de janeiro e, para garantir que não passam mais de 30 dias sobre a produção de prova, analisou a reportagem fotográfica dos danos pelo rebentamento na Malveira da Serra, em 2012, onde foi utilizado explosivo diferente dos outros assaltos. (...) O grupo residia no concelho de Sintra, mas alargou a atividade a Alcobaça, Amora (Seixal), Cadaval, Cascais, Mafra, Oeiras, Santarém, Torres Vedras e Vila Franca de Xira." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.