quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

BE contesta "pressão imobiliária" prevista no Plano de Pormenor da Abrunheira Norte

O Bloco de Esquerda emitiu hoje um parecer desfavorável ao Plano de Pormenor da Abrunheira Norte (PPAN), em consulta pública até sexta-feira, por considerar que o projecto "aumenta a pressão imobiliária sobre zonas sensíveis e não responde aos interesses (presentes e futuros) da população e do concelho."

A "Cidade da Sonae", como foi apelidada pelo presidente da câmara, prevê, entre outros, a construção de uma grande superfície comercial de mais de 37 mil m2, dois hotéis, uma clínica de cinco andares, e dois parques urbanos, numa área de 70,5 ha ao lado do nó do IC19 com a A16.

O BE Sintra diz "estranhar que a Câmara de Sintra esteja a criar expectativas a alguns grupos económicos antes de concluir a revisão do Plano Director Municipal (PDM), processo que deverá reduzir áreas urbanizáveis e garantir protecção ambiental e patrimonial" e considera que "o PPAN reproduz erros do passado, criando as ilusões da requalificação urbana e ambiental e do impulso da economia".

Quanto à consulta pública, são apontadas críticas às "omissões e contradições" da documentação disponibilizada pela autarquia, e à falta de "uma visão sistémica da implantação do projecto no território, que contemple de forma séria, entre outros, as necessidades de equipamentos e infra-estruturas já sentidas pelos habitantes, a viabilidade e racionalidade de outra superfície comercial, considerando as existentes, ou os efeitos no trânsito e no comércio local.

Outro aspecto que preocupa o BE é "o impacto visual causado pela construção na fronteira do Parque Natural e da zona classificada pela UNESCO, antevendo-se mais uma cicatriz de betão na paisagem" e os "custos ambientais numa área considerada sensível pelo PROT-AML, com a transformação radical de uma zona de transição para a serra ou impermeabilização de vasta zona de alagamento que alimenta um dos aquíferos mais importantes da região." [ver parecer do BE] [notícia no Notícias ao Minuto]

Notícias relacionadas:
'Movimento de cidadania contra construção de área comercial junto ao IC19'
Mais de 1800 pessoas já disseram não à construção da ‘Cidade da Sonae’
'Urbanização e novo centro comercial junto ao IC19 em discussão pública'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.