sábado, 31 de janeiro de 2015

'Guardas prisionais suspeitos de sequestro ficam em prisão preventiva em Évora'

No PÚBLICO: "Os sete guardas prisionais detidos quarta-feira pela Unidade Nacional de Contra-Terrorismo da Polícia Judiciária vão aguardar julgamento em prisão preventiva. Por questões de segurança, vão cumprir a medida de coacção na cadeia de Évora, uma prisão especialmente destinada a elementos policiais e das forças de segurança e onde está actualmente também em prisão preventiva o ex-primeiro-ministro, José Sócrates." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã]

Notícia relacionada:
'Guardas prisionais presos por sequestro em restaurante'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.