segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Hélder Rodrigues mantém sexto lugar no Dakar



Ontem coube a Hélder Rodrigues abrir a pista da especial da 7.ª etapa do Rali Dakar, depois de na sexta-feira ter vencido a 6.ª etapa, mas foi Paulo Gonçalves, companheiro de equipa na Honda, que terminou os 321 quilómetros em primeiro lugar. O piloto sintrense não passou do oitavo melhor tempo, a 4m05s de Paulo Gonçalves, embora surja em 6.º no resultado oficial da etapa, devido às penalizações de 15 minutos impostas a Juan Pedrero García (6.º) e Alain Duclos (7.º).

Este resultado permite ao motard de Aruil manter e reforçar o 6.º lugar na classificação geral, e encurtar ligeiramente a diferença para o líder da prova. "Esta etapa foi boa, comecei na frente e isso é sempre difícil pois é muito fácil perder tempo quando se abre a pista. Andei forte para estar na frente da corrida. A meio da etapa começou a chover e o terreno ficou perigoso, a mota estava a derrapar e era bastante arriscado andar a grande velocidade. Agora temos de descansar antes da etapa de segunda-feira, mas ainda há muito trabalho a fazer na mota pois apanhámos muita lama", disse no final.

Depois de dois dias na Bolívia, a etapa de hoje levará os concorrentes de volta ao Chile, com dois sectores selectivos. O primeiro inicia-se no Salar de Uyuni (a maior planície de sal do mundo) e o segundo é composto por apenas 30 quilómetros de dunas mesmo no final da etapa à chegada a Iquique. [adaptado de A2 Comunicação] [ver resultados da etapa]

Notícias relacionadas:
Hélder Rodrigues vence a 6.ª etapa do Dakar e sobe para sexto lugar nas motos
Hélder Rodrigues recupera e termina em sexto na etapa de hoje do Dakar 2015

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.