segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

"Os Verdes" iniciam na quarta-feira em Sintra as Jornadas Ecologistas do distrito de Lisboa

Arrancam na quarta-feira, em Sintra, as Jornadas Ecologistas do distrito de Lisboa, promovidas pelo Colectivo Regional do Partido Ecologista "Os Verdes". A iniciativa irá percorrer vários concelhos onde serão analisados os problemas para a qualidade de vida das populações em matéria de mobilidade e transportes, ambiente, saúde e urbanismo.

"As Jornadas visam ainda assinalar opções, intervenções ou potencialidades deste distrito que merecem ser promovidas para fomentar o desenvolvimento e romper com a crise que o país atravessa. Para assinalar os problemas ou acções positivas, serão colocados junto dos respectivos locais um "girassol triste" ou um "girassol alegre", explicam os ecologistas em comunicado.

Em Sintra, as Jornadas abordarão os temas dos recursos hídricos, da orla costeira, do ordenamento do território e da saúde, com a participação do deputado ecologista José Luís Ferreira.

[Actualizado] Programa:
10h30 - Frente ao LIDL de Mem Martins: colocação de 'girassol triste' devido aos graves impactos decorrentes da eventual implementação do Plano de Pormenor da Abrunheira Norte (PPAN);

11h: - Magoito, acesso à praia: colocação de 'girassol triste' devido à situação da orla costeira e ao atraso na intervenção por parte do Ministério;

11h30 - SMAS de Sintra: atribuição de 'girassol alegre' aos SMAS de Sintra pelo trabalho desenvolvido, nomeadamente sobre a qualidade da água, o trabalho realizado em prol da redução de perdas e a posição tomada contra a privatização da água;

15h - Entrada do Hospital Amadora-Sintra: Entrega de 'girassol alegre' à Comissão de Utentes da Saúde do Concelho de Sintra pelo trabalho desenvolvido em defesa direito à saúde e colocação de girassol triste devido à situação da saúde no concelho (tempos de espera, falta de médicos).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.