quarta-feira, 25 de março de 2015

'Tribunal de Sintra condena homem a cinco anos de prisão' por burla e falsificação

No Jornal i (via Lusa): "O tribunal de Sintra condenou um homem que realizou um negócio transnacional fraudulento de um veículo de gama alta à pena de prisão efetiva de cinco anos pelos crimes de burla e de falsificação de documentos. A informação é publicada esta quarta-feira na página da internet da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), que cita o acórdão proferido, na terça-feira, pelo tribunal de primeira instância de Sintra." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã e no Jornal da Região]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.