terça-feira, 21 de julho de 2015

'Casal condenado a 10 anos de prisão por burla e falsificação em Sintra'

No DN (via Lusa): "Um homem e uma mulher foram condenados pelo tribunal de Sintra a 10 anos de prisão pelos crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, burla informática e falsidade informática, foi hoje anunciado." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.