domingo, 19 de julho de 2015

Sismo desta madrugada teve epicentro junto a Monserrate e foi seguido por duas réplicas



O sismo de magnitude 3,2 registado às 00h26 da última madrugada (23h26 UTC) teve epicentro junto ao Parque e Palácio de Monserrate, em Sintra, e foi seguido por duas réplicas junto ao Cabo da Roca, 9 minutos depois, às 00h35, e em Albarraque, às 2h40, revelam os novos dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).



A revisão da informação disponibilizada durante a madrugada indica também uma profundidade superior para o primeiro abalo, agora calculado nos 18 quilómetros, e revela que as réplicas tiveram uma magnitude de 0,9 e 1,2 na escala de Richter, tendo sido registadas a 6 e 3 quilómetros de profundidade, respectivamente.



A intensidade do primeiro sismo, o único sentido pelas populações, foi também revista de III para III/IV na escala de Mercalli modificada, o que significa que foi um abalo fraco/moderado: o nível III é atribuído a sismos "sentidos dentro de casa, quando os objectos pendentes baloiçam. Nestes casos, a vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados. É possível estimar a duração mas não pode ser reconhecido com um sismo."



No nível IV, os objectos suspensos também baloiçam, mas "a vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados ou à sensação de pancada duma bola pesada nas paredes. Os carros estacionados também balançam e as janelas, portas e loiças tremem (os vidros e loiças chocam ou tilintam). Na parte superior deste grau as paredes e as estruturas de madeira rangem", explica o IPMA.

Apesar do susto, "a Protecção Civil de Sintra não registou nenhuma ocorrência", tendo sido "apenas contactada por alguns moradores para esclarecimentos do sucedido", informa a autarquia.

Notícias relacionadas:
'Sismo de 3.2 sentido esta noite na Grande Lisboa'
Sismo de 3,2 registado entre Sintra e Cascais

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.