domingo, 4 de outubro de 2015

'Hospitais estão sem obstetras'

No Correio da Manhã: "As grávidas que não são casos urgentes não estão a ser atendidas nas Urgências dos hospitais de Cascais e Amadora-Sintra, devido à falta de obstetras. O problema levou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo a dar indicações ao CODU do INEM para que essas grávidas sejam reencaminhadas para outras unidades hospitalares da região. Segundo fonte do gabinete de comunicação do INEM, esse desvio de grávidas vai manter-se enquanto não houver indicação em contrário." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.